Educação Inclusiva: Objetivo, importância e como proporcionar

Cada vez mais a inclusão tem sido um tema presente na vida de todos nós por conta de vários motivos, mas sem dúvidas, o aspecto educacional é o que mais precisa de atenção para que a sociedade realmente seja inclusiva na sua plenitude.

Por isso que a educação inclusiva tem sido um dos campos de estudo que mais cresce, devido a relevância do tema, até porque não dá mais para pessoas que portam alguma deficiência física ou mental fiquem para trás na sua formação educacional.

Então, para te ajudar a entender melhor a importância do tema e como você pode se qualificar para proporcionar uma educação inclusiva para aqueles que precisam, desenvolvemos esse artigo falando tudo sobre o assunto.

Confira com atenção e boa leitura.

, Educação Inclusiva: Objetivo, importância e como proporcionar

O que é a educação inclusiva?

Basicamente, a educação inclusiva é uma metodologia de ensino que visa a igualdade dentro da escolarização de crianças e adultos, e a partir disso, é estabelecida uma forma para todos possam ter direito a uma boa educação independentemente das limitações.

Ao invés de segregar alunos por suas diferenças, a ideia da educação inclusiva é valorizar as qualidades de cada um, incorporando as particularidades de cada um para criar um ambiente de convivência mais plural.

Com isso, além de promover uma boa educação para portadores de deficiências, a proposta também colabora para uma maior tolerância, pois passa-se a compreender que apesar das diferenças, todos têm capacidade e atributos para aprender.

É importante dizer também que a educação inclusiva é igualitária ao fornecer condições para todos se desenvolverem, porém, o modelo contempla a diversidade de cada indivíduo, reconhecendo que há diferentes etnias, classes sociais e gêneros.

Cabe a essa modalidade de educação também integrar as culturas, história de vida e capacidade de cada aluno para criar uma ambiente de convívio harmônico para um aprendizado mais eficiente.

Qual é o objetivo da educação inclusiva?

O principal objetivo da educação inclusiva é criar um ambiente de igualdade com possibilidades e oportunidades para todos possam ter acesso a uma educação de qualidade e que considere as particularidades de cada indivíduo.

Dessa forma, é possível que portadores de deficiências físicas ou mentais, por exemplo, possam de fato se qualificar através de uma educação eficiente e assim possam conviver ativamente em sociedade, contribuindo da forma que desejarem no cenário acadêmico.

Como funciona a educação inclusiva?

Antes chamada de educação especial, hoje o termo educação inclusiva é mais assertivo para se referir ao que essa metodologia de ensino busca promover, que não é mais apenas algo voltado a indivíduos com alguma limitação ou deficiência.

Atualmente a metodologia é voltada para criar uma ambiente de inclusão em todos os aspectos onde os alunos convivem em harmonia e socializam entre si.

Contudo, as diferenças são respeitadas e é considerado que cada um precisa de uma atenção especial em caso de limitações, mesmo assim, ainda estão tendo oportunidades iguais de acesso a conteúdo educativo.

Quais são os pilares da educação inclusiva?

A construção de uma educação inclusiva atende a 5 pilares básicos que vão fazer com que os educadores possam se manter firmes ao propósito de promover uma educação acessível a todos os alunos independente das suas limitações físicas e mentais.

Portanto, vamos conhecer quais são essas 5 pilares:

  1. Todo mundo tem direito de ter acesso a educação

Ou seja, toda pessoa deve ser ensinada de forma igual independentemente dos desafios que irá encontrar para concluir o aprendizado.

  1. Todo mundo é capaz de aprender

Sem distinção, todo e qualquer indivíduo tem capacidade para adquirir aprendizados, a diferença é que os caminhos a percorrer serão mais ou menos difíceis a depender das limitações de cada um.

  1. Cada um aprende de um jeito

Apesar da aplicação de métodos de ensino universais e padronizados, cada pessoa pode apresentar particularidades para assimilar algum conteúdo e isso tem de ser considerado.

Por isso, o educador que visa promover a inclusão precisa ter diferentes estratégias para aplicar com diferentes alunos.

  1. Convivência no ambiente escolar é benéfica

Foi se o tempo em que se segregam portadores de deficiência, pois isso não era positivo para nenhuma das partes, pelo contrário, só promovia aversão, preconceito e atraso no aprendizado.

Por isso, um dos pilares hoje é promover essa convivência harmônica no ambiente escolar para que todos aprendam e cresçam juntos, cada um a seu modo.

  1. A educação inclusiva compete a todos

Incluir é agregar, portanto, engloba pessoas com deficiência de todos os tipos mas também abrange todas as diferenças, sejam elas étnicas, culturais, religiosas, mentais, sexuais e o que mais existir.

Qual é a importância da educação inclusiva?

Pensando em sociedade, a educação inclusiva é importantíssima para que se forme indivíduos mais tolerantes e abertos a aceitarem as diferenças de seus pares, sejam elas quais forem.

E para os portadores de deficiência sua importância é ainda maior pois permite que possam ter uma vivência em grupo experienciando várias situações coletivas e ainda adquirindo a educação necessária para se tornar um cidadão funcional.

, Educação Inclusiva: Objetivo, importância e como proporcionar

Vantagens da educação inclusiva

Essa metodologia de ensino promove muitas vantagens para o ambiente escolar não só para portadores de deficiência, pois promove muitos ganhos quanto a socialização e no desenvolvimento emocional durante a convivência.

Os desafios da educação inclusiva?

Assim como outros setores, a educação inclusiva no Brasil tem que passar por muitas barreiras para que possa cumprir com seus objetivos.

O primeiro obstáculo é a falta de recurso destinado para que as escolas possam adaptar sua estrutura para serem mais inclusivas, mas não para por aí.

A falta de formação dos educadores também é um entrave, pois apesar de não serem obrigados a terem qualquer especialização no assunto, seria muito mais produtivo que tivessem.

Por isso que muitas famílias que têm indivíduos com alguma deficiência procuram escolas particulares especializadas pois já entendem a importância dessa convivência harmônica com seus pares.

Por fim, um dos maiores desafios que a educação inclusiva enfrenta, sem sombra de dúvidas é a falta de profissionais qualificados para implementar a metodologia de forma eficiente.

, Educação Inclusiva: Objetivo, importância e como proporcionar

Como proporcionar uma educação inclusiva aos alunos?

Já é possível se especializar na metodologia correta para aplicar a educação inclusiva de forma eficiente, inclusive, você pode estudar sem sair de casa.

Pensando em ser inclusivos e democratizar o acesso a essa qualificação tão necessária que a Unova Cursos têm uma formação em educação inclusiva 100% online e totalmente gratuita.

Vale a pena conhecer a grade do curso e se qualificar, pois essa metodologia pode ser produtiva para todos os aspectos da sua vida.

Sobre o Autor

Fernando Vale
Fernando Vale

Fernando Vale é um administrador formado e com MBA em Logística Empresarial. Hoje, ele é sócio e diretor da Unova Cursos, uma empresa especializada na área de Educação à Distância (EAD) e Cursos Online. Com mais de 10 anos de experiência no mercado educacional, Fernando tem se dedicado a levar conhecimento de qualidade para milhares de pessoas em todo o Brasil.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.