Departamento Pessoal (DP): Funções, cargos e mercado de trabalho

O Departamento Pessoal, conhecido popularmente como DP, é um dos principais setores das empresas públicas, privadas, administradoras e escritórios de contabilidade. 

Enquanto área técnica, é responsável por gerenciar a contratação de funcionários, a fim de manter o respeito às normas e legislações trabalhistas.

Exatamente por ser bem popular, é uma área de atuação bastante procurada, especialmente por profissionais que lidam bem com pessoas e aspectos legais.

Para que você entenda tudo sobre o tema, continue acompanhando o conteúdo e desvende todos os detalhes do Departamento Pessoal!

O que é o Departamento Pessoal (DP)

O Departamento Pessoal é a área da empresa responsável por gerenciar os colaboradores.  

Suas ações e funcionamento são respaldados pelo Ministério do Trabalho, além da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e do Sindicato referente à categoria do empregador.

Uma informação que poucos têm conhecimento é de que o setor de DP não foi criado em tempos contemporâneos. 

Na época escravagista, já existiam as funções relacionadas. Naquela época, alguns escravos eram denominados “chefes de pessoal”, a fim de garantir a alta produção de cada grupo.

Atualmente, toda relação entre empregador e empregado é realizada pelo Departamento Pessoal. Desde os processos de admissão e rescisão contratual, cálculo e negociação de pagamentos, férias e horas extras, gestão de benefícios e muito mais!

A importância do setor para as empresas

Num primeiro momento, podemos elencar a organização de processos como uma responsabilidade do Departamento Pessoal. Mas não é só isso.

É através do setor que os empregadores garantem a aplicabilidade e respeito à legislação trabalhista, sempre com ética e responsabilidade.

O Departamento Pessoal também é fundamental para a gestão de arquivos dos funcionários, mantendo as fichas de admissão, possíveis advertências, comunicados e demais documentos. 

Estes, por sua vez, são úteis para respaldar a tomada de decisão de outros setores, especialmente quando falamos sobre possíveis desligamentos e promoções de cargo.

Outra funcionalidade muito valiosa para as empresas é a possibilidade de ter acesso ágil a documentos e informações trabalhistas. 

Quando o empregador é réu em uma causa trabalhista, por exemplo, é necessária muita agilidade para que os documentos sejam disponibilizados aos órgãos judiciais. E, isso, o Departamento Pessoal faz com maestria!

Qual são os cargos do departamento pessoal?

As possibilidades de atuação no setor de DP são amplas e bem diversificadas. A seguir, listamos as principais, acompanhadas de um breve resumo de atividades.

Auxiliar de Departamento Pessoal: É o suporte funcional do departamento. Realiza tarefas administrativas gerais, com cópias de documentos, organização de arquivos, trâmite de documentos, entre outros. Geralmente é supervisionado de perto por analistas, gestores e coordenadores.

Assistente de DP: embora seja a nível assistente, tem autonomia para realizar tarefas menores sem supervisão. Em demandas mais complexas, atua como auxiliar, sendo orientado sobre questões jurídicas e legais.

Gestor, Gerente ou Coordenador de DP: com formação comum em Administração de Empresas, atua em cargo de liderança, coordenando as ações do time. O cargo exige conhecimento amplo e atualizado acerca de todas as demandas, uma vez que deve estar pronto para oferecer suporte aos demais níveis hierárquicos e tomar decisões acertadas.

Analista de Departamento Pessoal ou Benefícios: Parceiro direto dos gestores, é considerado seu braço direito. Com profundo conhecimento em legislações e benefícios, é responsável por analisar e conferir todos os documentos relacionados, a fim de que os cálculos e demais informações não sejam liberados com inconsistências.

Como é o mercado de trabalho no Departamento Pessoal?

Principalmente após as últimas alterações propostas pela Reforma Trabalhista, os profissionais de DP são cada vez mais essenciais ao ambiente corporativo. A propósito, estes são cargos e funções que dificilmente serão substituídos pela tecnologia, por exemplo.

Embora os sistemas tecnológicos estejam em evidência, as análises manuais e minuciosas ainda são cruciais para a gestão de pessoas. Sendo assim, profissionais bem qualificados e atualizados garantem boas condições de contratação.

Em início de carreira, o salário médio de um Assistente de Departamento Pessoal é de R$ 1.639,00, chegando aos R$ 2.394,00. Esta é a porta de entrada para quem deseja alçar voos ainda maiores e atingir níveis gerenciais, recebendo, em média, R$ 4.574,00.

Qual é a diferença entre departamento pessoal e recursos humanos?

, Departamento Pessoal (DP): Funções, cargos e mercado de trabalho

Essa é uma dúvida muito comum e vamos saná-la. A grande diferença entre o RH e o DP é que o primeiro é focado nas pessoas e o segundo, em processos que envolvem pessoas.

É responsabilidade do setor de Recursos Humanos a escolha do profissional ideal para o perfil que a empresa busca, além de sua integração junto ao time, desenho de estratégias que elevam a produtividade, mediação de conflitos, dentre outros.

Por outro lado, no Departamento Pessoal concentram-se ações como gestão de benefícios, garantia da proteção perante ao INSS (que envolve o depósito do FGTS, por exemplo), solicitação e recolhimento de documentos para admissão e demissão etc.

O que é preciso para trabalhar no departamento pessoal?

Se você está interessado em atuar no setor de DP, o caminho de qualificações e cursos é bem amplo.

Para cargos gerenciais e de liderança, geralmente os profissionais realizam graduação como Administração de Empresas e Gestão de Recursos Humanos. Este último, aliás, permite uma inserção ainda mais rápida ao mercado de trabalho.

Por outro lado, se o seu foco é iniciar na área em cargos de base, como Assistente e Auxiliar, investir em cursos técnicos ou livres, como o Curso de Departamento Pessoal da Unova Cursos, é um excelente ponto de partida.

Lembrando, ainda, que os cursos livres são altamente indicados para quem possui graduação na área, uma vez que complementam e atualizam os conhecimentos obtidos nos cursos superiores.

Como a Unova Cursos pode te ajudar?

A Unova Cursos disponibiliza mais de 200 cursos online grátis, com possibilidade de certificado. Especialmente na área de DP, o Curso Online de Departamento Pessoal oferece o subsídio necessário para alunos que querem desvendar a profissão.

Entre os tópicos que você vai aprender nas 60 horas de aula, destacam-se os seguintes:

  • Diferença entre Recursos Humanos e Departamento Pessoal
  • Tipos de Contratos de Trabalho
  • Licença Maternidade
  • Salário x Benefícios
  • Empregado x Empregador
  • INSS, IRRF, FGTS e PIS

Conclusão

O setor de Departamento Pessoal oferece grandes possibilidades de carreira, nos mais diversos níveis hierárquicos. No entanto, destacam-se no mercado os profissionais que se mantêm atualizados e acompanham todas as novidades da legislação brasileira. 

Neste contexto, renovar seus conhecimentos com bons cursos é mais do que indicado. Faça sua inscrição!

Sobre o Autor

Fernando Vale
Fernando Vale

Fernando Vale é um administrador formado e com MBA em Logística Empresarial. Hoje, ele é sócio e diretor da Unova Cursos, uma empresa especializada na área de Educação à Distância (EAD) e Cursos Online. Com mais de 10 anos de experiência no mercado educacional, Fernando tem se dedicado a levar conhecimento de qualidade para milhares de pessoas em todo o Brasil.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.