8 estratégias para melhorar o controle financeiro da empresa

Tão importante quanto prestar um ótimo serviço ao cliente ou oferecer-lhe o produto que irá atender plenamente às suas necessidades, as boas práticas de controle financeiro são fundamentais para manter a saúde da empresa em alta.

Basta olhar a “taxa de mortalidade” de pequenos negócios divulgada pelo Sebrae – 25% fecham as portas antes mesmo de completarem dois anos – para entender que ser rigoroso nas ações administrativas e na gestão das finanças é uma questão, acima de tudo, de sobrevivência.

A boa notícia é que as recompensas tendem a ser generosas para as empresas que mantêm sua vida financeira em ordem: perspectivas de crescimento sempre crescentes e a certeza de continuar atuando no mercado por muito tempo ainda de maneira sólida e competitiva.

Assim, este conteúdo foi elaborado para ajudar seu negócio a andar sempre nos trilhos. Afinal, boa gestão financeira depende da adoção de medidas relativamente simples, que podem (e devem!) ser aplicadas mesmo por quem não é especialista ou não tenha formação em Finanças.

Vamos conferir?!

O que é exatamente controle financeiro?  

Controle financeiro pode ser entendido como os procedimentos administrativos que devem ser realizados para o planejamento, execução, análise e gestão das atividades relacionadas às finanças de uma empresa.

O objetivo é que tudo isso traga o melhor resultado em termos de faturamento, lucro e crescimento.

Trata-se de um elemento fundamental para que o empreendedor mantenha o caixa saudável e, com a ajuda de relatórios gerenciais, possa estabelecer novas estratégias de investimentos e decidir os próximos passos de seu negócio.

Para compreender melhor os conceitos que estão por trás desse universo, o empreendedor pode fazer cursos de administração financeira (muitos deles online e gratuitos).

Além disso, a tecnologia também é uma importante aliada, ao contar com softwares de gestão que tornam mais fácil a administração e o controle financeiro.

Como realizar um bom controle financeiro na sua empresa?

A gestão financeira de uma pequena empresa depende, em grande escala, da disciplina e do comprometimento do empreendedor em relação ao sucesso do seu negócio.

Vamos ver a seguir as principais ações que devem ser adotadas para que o controle financeiro seja efetivo e traga os resultados esperados.

  1. Pró-labore

Defina o seu pró-labore. Afinal, você está trabalhando pela sua empresa e deve ser remunerado.

Mas tenha sempre em mente que este é o salário que você terá todos os meses para suprir suas necessidades pessoais.

Lembre-se que o pró-labore é pago a partir do lucro mensal da empresa. E o lucro pertence à empresa, não a você.

  1. Finanças pessoais e finanças da empresa são coisas diferentes

Agora que você definiu seu pró-labore, é hora de ter contas bancárias separadas para a Pessoa Física e a Pessoa Jurídica.

É muito fácil perder o controle financeiro do empreendimento quando o proprietário confunde o dinheiro que pertence a si (pró-labore) com aquele que é da empresa (lucro do negócio).

Assim, a boa gestão das finanças estabelece que o lucro auferido será usado para manter o caixa estável e para pagar as despesas e contas da empresa. Da mesma forma, servirá de reserva para eventuais imprevistos e para realizar futuros investimentos.

  1. Monte seu fluxo de caixa

Todas as movimentações financeiras da empresa devem ser corretamente registradas. O controle efetivo das contas somente acontece se houver o registro de tudo o que entra e sai do caixa, independentemente do valor, por menor que seja.

Dessa forma, é possível verificar o montante total das saídas e identificar se existem despesas que podem ser diminuídas ou mesmo eliminadas.

Um bom software de gestão financeira irá ajudá-lo na tarefa de controlar o fluxo de caixa de sua empresa.

  1. Priorize o Capital de Giro

Este é o dinheiro necessário para fazer a empresa funcionar. 

Trata-se de uma reserva financeira antecipada, que é usada para honrar todos os compromissos ao longo do mês e, também, para evitar que imprevistos inviabilizem as atividades do empreendimento.

Dessa forma, o Capital de Giro é o instrumento que garante o pagamento em dia de todas as contas da empresa, eliminando o risco dela se endividar por conta de juros.

O Capital de Giro também pode ser dimensionado para que o empreendedor realize novos investimentos no futuro, visando o crescimento do seu negócio.

  1. Controle bem seus estoques

A boa gestão financeira também passa por um eficiente processo de controle de estoque.

É preciso identificar de antemão aspectos como excesso de estoque (ou até mesmo falta), eventuais perdas por avarias, produtos vencidos, entre outros.

Aqui, mais uma vez, um software de gestão financeira é uma ferramenta poderosa para identificar e corrigir eventuais problemas relacionados ao estoque da empresa.

  1. Planeje metas de expansão

Ter uma empresa saudável do ponto de vista financeiro permite ao empreendedor estabelecer metas para o crescimento do seu negócio.

Para isso, é preciso saber para onde a empresa deve ir, estabelecendo objetivos de curto, médio e longo prazo.

Esse tipo de planejamento não pode ser feito sem um controle financeiro adequado, que proporcione previsibilidade e a garantia de um caixa saudável ao negócio.

  1. Contrate um software de controle financeiro

Para quem não é da área de Finanças, realizar de maneira eficiente o controle financeiro de sua empresa pode parecer uma tarefa muito difícil.

No entanto, existem softwares de controle financeiro que ajudam o empreendedor a realizar a administração do seu negócio de uma forma simples e descomplicada.

Por meio dessa tecnologia, todas as entradas e saídas financeiras são registradas, auxiliando no controle do fluxo de caixa e do capital de giro. 

Da mesma forma, o programa registra as datas de pagamento das contas da empresa, evitando que os prazos de vencimento de obrigações com colaboradores, fornecedores e bancos não sejam cumpridos à risca.

O software também oferece outras funcionalidades, muitas delas relativas ao controle de estoque e formação de preços de produtos e serviços.

Existem programas de gestão que também emitem relatórios gerenciais, o que favorece a tomada de decisões com base em informações financeiras concretas e confiáveis.

Softwares como o Simples Agenda são 100% online e permitem que todo o processo de gestão e controle financeiro aconteça remotamente, podendo ser realizado a partir de qualquer lugar.

  1. Faça um curso de administração financeira

Para quem não está totalmente familiarizado com os conceitos relativos ao mundo das finanças, realizar um curso de administração financeira é primordial para manter o controle efetivo das contas de sua empresa.

Existem cursos online gratuitos, especialmente desenvolvidos para atender a esse público, com conteúdo de qualidade e carga horária adequada.

Conheça a Unova Cursos e garanta a saúde financeira da sua empresa

A Unova Cursos é uma instituição de ensino à distância que oferece cursos online gratuitos em diversas áreas do conhecimento.

Os cursos livres oferecidos pela Unova são a melhor forma de aprendizado para quem deseja estudar no seu tempo, seja em casa ou no trabalho.

Os cursos oferecidos pela Unova são reconhecidos pelo MEC e obedecem às normas do Conselho Nacional de Educação (CNE) relativas ao ensino à distância.

Ao final, o aluno pode solicitar o certificado digital de conclusão, pagando apenas uma pequena taxa de emissão. A certificação é válida em todo o Brasil e serve como comprovante de que o curso foi concluído e o conhecimento assimilado, pois somente é emitida após o estudante ser aprovado em uma prova final de avaliação.

A Unova oferece o curso online gratuito de Administração Financeira, englobando todos os conceitos de gestão e controle necessários para o empreendedor que precisa manter a saúde do seu negócio sempre em dia!

Gostou dessa dica?! Então não perca tempo e conheça agora mesmo o curso de Administração Financeira Unova!

Sobre o Autor

Fernando Vale
Fernando Vale

Fernando Vale é um administrador formado e com MBA em Logística Empresarial. Hoje, ele é sócio e diretor da Unova Cursos, uma empresa especializada na área de Educação à Distância (EAD) e Cursos Online. Com mais de 10 anos de experiência no mercado educacional, Fernando tem se dedicado a levar conhecimento de qualidade para milhares de pessoas em todo o Brasil.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.