O que faz um cuidador de idosos: Mercado de trabalho, salário e curso

A terceira idade chega para todos nós, ainda mais atualmente onde os avanços da medicina tem aumentado a expectativa de vida da população. Nesse cenário, a profissão de cuidador de idoso tem crescido muito, sendo uma opção de carreira viável.

Porém, o mercado de cuidadores está cada vez mais exigente, então para ingressar na profissão, é preciso vários conhecimentos específicos, além de outras habilidades para que a função seja cumprida com excelência.

Para te ajudar a entender melhor o que faz um cuidador de idoso, preparamos este guia, onde falaremos também um pouco sobre o mercado e como você pode se profissionalizar para aproveitar as oportunidades de empregos na área.

Boa leitura.

O que faz um cuidador de idosos?

O Trabalho de Cuidador de Idosos é muito gratificante mas além de exigir muito cuidado, requer também paciência e respeito do cuidador com o idoso. 

O Cuidador deverá cuidar da higiene, da alimentação, medicações, enfim, todos os cuidados básicos necessários para que o idoso se sinta bem e tenha uma qualidade de vida ainda maior. 

Além disso o Cuidador deve:

  • Fazer companhia a pessoa idosa, levando para caminhar, tomar sol e conversar com ele, mantendo uma comunicação saudável e satisfatória;
  • Cuidar para que o local onde o idoso vive, esteja limpo e organizado, garantindo sua saúde e segurança;
  • Cuidar da segurança do idoso, criando formas de mantê-lo o mais protegido e ao mesmo tempo auxiliando na autonomia dele, principalmente para os idosos saudáveis.

Geralmente a família do idoso determina o que será necessário o cuidador fazer, pois existem idosos com grande autonomia e outros que precisam de cuidados diários e totais como por exemplo os acamados. 

É importante que o cuidador entenda e esteja adequado às necessidades da família, pois estes podem precisar que ele durma no local e ter um cuidado quase que 100% com o idoso.

Além disso, o Cuidador precisa entender e ter uma rotina programada de medicamentos que o idoso irá necessitar e se preciso, trocar fraldas, dar banho, dar comida. 

Por isso o profissional deve ser muito responsável e respeitar a pessoa idosa, além da família, para que este se sinta seguro e tranquilo aos seus cuidados.

, O que faz um cuidador de idosos: Mercado de trabalho, salário e curso

Quais são os deveres de um cuidador de Idosos?

As atribuições de um cuidador de idoso podem variar por conta de inúmeros fatores, como a condição física e de saúde, a participação de outros familiares e etc.

Mas em geral, algumas tarefas são comuns aos cuidadores como:

  • Preparar as refeições e suporte para alimentação adequada caso necessite;
  • Atividades de simples atendimento, monitoramento e vigilância constante;
  • Fazer as tarefas domésticas, como limpar e arrumar a casa;
  • Cuidados com o curativo e a higiene da pessoa assistida;
  • Apoio na tomada de medicamentos;
  • Acompanhamento a exames médicos;
  • Estimulação da comunicação e habilidades sociais e motoras.

Lembrando que essas são as tarefas gerais que costumam aparecer com frequência, mas cada idoso e cada família pode ter necessidades específicas, por isso tudo deve ser estabelecido em contrato para que não haja problemas entre as partes.

Ao cuidador, cabe se especializar no máximo de habilidades possíveis, mesmo que não chegue a aplicar todas, pois o mais importante é estar preparado.

, O que faz um cuidador de idosos: Mercado de trabalho, salário e curso

Como é o mercado de trabalho para cuidadores de idosos?

Nos últimos levantamentos feitos pelo Ministério do Trabalho, só no estado de São Paulo surgiram 2769 vagas para cuidadores de idosos, e a tendência como vimos é só subir.

Essas vagas podem ser em asilos, casa de idosos, hospitais e principalmente atendimento domiciliar.

À medida que a expectativa de vida do brasileiro tem aumentado, o número de idosos sobe, por isso a profissão de cuidador está entre as que mais vão crescer nos próximos anos.

, O que faz um cuidador de idosos: Mercado de trabalho, salário e curso

Características importantes em um cuidador de idoso

Para ser Cuidador de Idosos não precisa de uma faculdade, basta um curso profissionalizante, com capacitação ideal para garantir que o profissional atue com maiores conhecimentos e pratique tudo com o máximo de preparo.

É essencial que o cuidador transmita não só segurança para o idoso, mas principalmente leve tranquilidade para a família, que terá a confiança de estar deixando seu ente querido em boas mãos.

Normalmente a família do idoso não tem condições de cuidar dele, muitas vezes pelo trabalho secular que toma horas, assim como outras atividades e obrigações que impedem de dar uma atenção maior para o familiar. 

E como em muitos casos o idoso precisa de cuidados especiais, recorrer a um profissional é a solução mais segura e assertiva.

Mas um Cuidador precisa ter um perfil adequado e exigente, para que o idoso esteja nas mãos de alguém que irá ajudá-lo ao invés de trazer riscos contra sua integridade.

Por isso listamos algumas características que o profissional deve ter para exercer um bom trabalho ao lidar com o idoso.

Confira:

Empatia

, O que faz um cuidador de idosos: Mercado de trabalho, salário e curso

A primeira coisa que se exige de um Cuidador é que este seja empático, ou seja, se coloque no lugar do idoso e tenha carinho por ele. 

Um Cuidador empático consegue ganhar a simpatia e respeito do idoso e de sua família.

Ser Atencioso

Atenção é fundamental para que o trabalho de Cuidador de Idosos funcione com sucesso. 

Estar de olho no idoso durante seu turno, irá garantir a integridade física dele e uma avaliação positiva da família.

É preciso encarar como um trabalho mesmo e lembrar que você não está lá para fazer companhia, mas sim para atender as necessidades do paciente.

Ter Conhecimentos Básicos

Conhecimento básico sobre como dar medicações, como dar banho em pessoas acamadas, como trocá-los, alimentar com segurança, e afins. 

Alguns aspectos requerem um curso específico na área, que te ajudará a ter uma base melhor de como cuidar com segurança e responsabilidade.

Paciência

Essa é uma habilidade importante, pois imagine que você é alguém de fora que irá entrar na rotina da pessoa idosa, e é natural que haja rejeição à princípio, por isso a paciência é a melhor virtude para o período de adaptação.

Uma dica é não levar para o lado pessoal e entender que o trabalho terá dificuldades, e também ter em mente que você não está lá para atender as vontades do assistido, mas sim garantir que a pessoa faça o que tem que fazer.

Por exemplo, garantir os horários de alimentação, banho e de tomar os remédios é algo que o cuidador precisa fazer, mesmo que haja resistência por parte do idoso, nesse caso, seja paciente e vá aos poucos estabelecendo essas rotinas.

, O que faz um cuidador de idosos: Mercado de trabalho, salário e curso

O que o cuidador de idoso não pode fazer?

Esse ponto é fundamental para ser um bom cuidador de idoso, pois é um trabalho que envolve relacionamento pessoal, então é preciso não misturar as coisas jamais e se ater às suas atribuições.

Saber os seus limites como profissional é importante para que você não se prejudique e principalmente não prejudique o idoso e sua família, e normalmente todas essas coisas devem ser estabelecidas no contrato.

Receitar ou indicar remédios e tratamentos

Essas tarefas são restritas ao médico responsável pelo idoso e apenas este é quem deve passar remédios e tratamento.

O cuidador de idoso pode auxiliar a ministrar os remédios, para que o assistido tome a medicação no horário certo e até acompanhar os tratamentos e ajudar no que for solicitado.

Mesmo que você tenha alguma experiência parecida em que o seu assistido tomava tal remédio e funcionou, por questão de ética você jamais deve mencionar isso para o idoso ou seus familiares, para que não influenciam a auto medicação.

Caso questionado, oriente sempre para que busquem o médico especialista para receitar o medicamento adequado.

Realizar procedimentos específicos da enfermagem  

Esse ponto pode ser um pouco confuso, porque acima mencionamos que o cuidador de idosos deve cuidar da higiene de curativos, mas nesse caso é apenas manter a limpeza, trocar bandagens e afins.

Realizar procedimentos de curativo, aplicando remédios e fazendo ataduras é função do profissional de enfermagem, e o cuidador não deve realizar, pois se fizer algo incorreto, será de responsabilidade dele qualquer dano ao assistido.

Aplicações de injeções ou ministrar remédios por via intravenosa estão totalmente fora de cogitação ao cuidador, e somente enfermeiros devidamente credenciados devem realizar essas aplicações.

No entanto, é muito comum que profissionais de enfermagem também se tornem cuidadores de idosos, mas nesse caso deve ser feito um contrato diferente onde haja as atribuições específicas da função de enfermeiro, por isso é algo um pouco mais complicado.

No mais, você pode se qualificar para ser um cuidador de idosos e trabalhar complementando a ação de um profissional de enfermagem, e se for de seu desejo, eventualmente pode estudar para se qualificar também para agregar a função de enfermeiro.

, O que faz um cuidador de idosos: Mercado de trabalho, salário e curso

Onde um cuidador de idosos pode atuar?

Em geral, o cuidador costuma atuar em atendimento domiciliar, pois costuma ser mais conveniente para família e também mais confortável para o idoso.

Principalmente para o idoso saudável, essa é a modalidade que melhor funciona, porém nem todos pacientes terão as mesmas condições.

Por isso, o cuidador também pode atuar direto em asilos ou casas de convivência de idosos, nesse caso lidando com mais de um ao mesmo tempo.

Nesse tipo de atuação, existe uma equipe multidisciplinar atuando, então acaba sendo um trabalho bem tranquilo.

O profissional também pode atuar em hospitais como acompanhante, pois há casos em que o idoso fica internado e o familiar não consegue acompanhá-lo, devido ao trabalho e outros afazeres.

O cuidador de idoso também pode atuar como contratado de alguma empresa de Home Care, que é outro ramo em crescimento.

Vale reforçar que o cuidador de idosos que fez algum curso, jamais deve fazer procedimentos médicos, como aplicação de medicação intravenosa, por exemplo.

Essas e outras ações devem ser feitas por profissionais específicos, como técnicos em enfermagem ou gerontologistas.

Qual é o salário de um cuidador de idosos?

Atualmente um Cuidador em início de carreira chega a ganhar entre R$1.500,00 a R$2.000,00 por mês e pode optar por trabalhar no regime CLT se houver essa possibilidade ou como prestador de serviços autônomo ou MEI.

Os valores vão variar do tipo de cuidado, das horas de trabalho e condições estabelecidas. 

Cuidadores que precisam dormir no local ou trabalhar em feriados, podem negociar e receber valores maiores nessas situações.

, O que faz um cuidador de idosos: Mercado de trabalho, salário e curso

Como se tornar um cuidador de idosos?

Uma profissão nova e interessante, que pode estimular muito os profissionais que a seguem, capacitando a cuidar de idosos e de qualquer pessoa com limitações parciais ou totais.

Para se tornar um profissional qualificado e requisitado no mercado, a Unova Cursos possui o curso Cuidador que lhe dá uma base incrível de como funciona o trabalho e os desafios da profissão, além de todos os benefícios da área. 

– Curso de cuidador de idosos gratuito e online

Agora você pode se qualificar para ser um cuidador de idosos de forma gratuita e totalmente online.

A Unova Cursos tem em sua grade o curso de Cuidador de Idosos, com certificação total na conclusão, para que você saia pronto para o mercado.

O curso irá te ensinar as boas práticas alimentares, como organizar e ministrar medicamentos, bem como te dará toda a base legislativa para o cumprimento da função.

Acesse agora e matricule-se no curso Cuidador de Idosos e obtenha sua certificação total no fim do curso, garantindo essa qualificação num dos mercados de trabalho que mais crescem.

Conclusão

Agora você sabe todos os principais requisitos para se tornar um cuidador de idoso, e principalmente viu que é um mercado em constante crescimento, afinal, as pessoas estão vivendo por mais tempo.

E para se qualificar para exercer essa função, o melhor lugar é aqui na Unova Cursos, onde você pode fazer o curso gratuito e online, sem sair de casa.

Conheça todo o currículo e carga horária do nosso curso de Cuidador de Idosos e fique pronto para aproveitar esse mercado.

Sobre o Autor

Fernando Vale
Fernando Vale

Fernando Vale é um administrador formado e com MBA em Logística Empresarial. Hoje, ele é sócio e diretor da Unova Cursos, uma empresa especializada na área de Educação à Distância (EAD) e Cursos Online. Com mais de 10 anos de experiência no mercado educacional, Fernando tem se dedicado a levar conhecimento de qualidade para milhares de pessoas em todo o Brasil.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.