O que não pode faltar em um site para médicos e profissionais de saúde

A presença online é um fator determinante para que qualquer projeto seja bem sucedido. Imagine uma pequena empresa, ou até mesmo um grande negócio, que não possui um site ou não atua nas redes sociais.

Se hoje em dia ainda vale a máxima de que “quem é vivo sempre aparece”, é possível atualizar mais ainda essa frase e reforçá-la afirmando que “quem não é visto na internet, não aparece”.

Por isso, criar um blog, ter um site e saber utilizar outros canais na web são fundamentais para qualquer negócio. Até mesmo o segmento da saúde pode se beneficiar das oportunidades que o meio online oferece.

Entretanto, é interessante que uma clínica médica, um nutricionista ou qualquer profissional envolvido na área da saúde utilize a internet como meio não apenas para divulgar os seus serviços, mas também para interagir melhor com os seus pacientes.

Ao optar por entrar no meio digital e ter um site, o profissional deve pensar não apenas o design, que, é claro, deve ser bem elaborado, mas também é necessário mostrar as informações importantes que transmitem segurança e credibilidade para o seu público.

A criação e os elementos de um site para a área da saúde

O seu espaço na web pode ter a característica de um site institucional, que consiste em um layout mais estático e tem o objetivo de trazer aquelas informações básicas sobre o médico e a área em que ele atua.

Outra possibilidade criar um blog, pois ao adotar esse formato o médico vai ter a oportunidade de publicar artigos, vídeos e fotos constantemente. Essa variedade e frequência de conteúdo auxilia o profissional a se tornar referência em seu segmento de atuação.

Além disso, é possível também ter ambos os formatos, tanto um site com um blog, pois um complementando o outro. Mas o conteúdo e a boa navegabilidade de ambos são essenciais.

Sendo assim, confira a seguir algumas dicas para a criação de um site eficiente e completo no segmento de saúde.

Tenha uma boa hospedagem de site

, O que não pode faltar em um site para médicos e profissionais de saúde

A hospedagem é um serviço básico para que o seu site possa armazenar muito conteúdo e tenha uma boa velocidade de carregamento. Hoje em dia, as empresas de web hosting disponibilizam diferentes tipos de hospedagem.

Um exemplo disso é a hospedagem WordPress, ideal para sites e blogs construídos nessa plataforma. Com ela, o seu projeto web vai ter recursos otimizados para essa plataforma, tais como fácil instalação e mais velocidade.

Utilize fotos reais

O apelo visual de um site é muito importante, por isso, é muito importante que o profissional apresente fotos de seu ambiente de trabalho (clínica, consultório, etc.).

Lembre-se também que disponibilizar fotos do ambiente e usar dados sobre a equipe faz com que os pacientes tenham identificação e se sintam mais próximos e seguros. Por isso, se for possível, utilize essas referências.

Além disso, as fotos são elementos importantes não apenas para quem visita o site, mas também para os algoritmos do Google posicionarem bem o seu site nas páginas de resultado.

Coloque descrições nas suas fotos, pois as palavras-chaves na descrição melhoram o posicionamento do seu site. Lembre-se também de diminuir a resolução das fotos para que elas não prejudiquem o carregamento das páginas.

Para isso, utilize algumas ferramentas apropriadas para isso, como, por exemplo, o Optimizilla.

Não se esqueça dos vídeos

Algumas estimativas apontam que mais de 87% do conteúdo divulgado na web está no formato audiovisual. Não é de se admirar, afinal, os vídeos aliam imagem e som e se tornam excelentes ferramentas para a disseminação de qualquer conteúdo.

Em uma época em que os smartphones possibilitam a transmissão de vídeos com qualidade, eles então se tornaram o formato definitivo da era digital. Por isso, é importante que um site médico tenha um local apresentando vídeos.

O conteúdo dos vídeos pode ser institucional. Nesse caso é mostrada a infraestrutura da clínica, a história, os valores e outros atributos que fazem parte do negócio.

Por outro lado, o conteúdo pode ser informativo, sendo assim eles podem ser dicas de saúde referentes à área de atuação do médico. O Youtube é excelente para esse tipo de estratégia de vídeo.

Sendo assim, é interessante que os conteúdos informativos estabelecem uma boa presença online para o site, possibilitando que ele se torne referência na área.

Layout amigável

Um site ou blog para profissionais de saúde deve transmitir leveza. Por isso, é interessante optar pelo fundo com cor leve, apresentando de preferência tons claros.

A fonte utilizada também deve ser leve e padronizada. As cores das fontes só devem ser diferenciadas nos títulos. E cuidado para não criar contrastes exagerados nas cores e deixar o layout desconexo.  

Outro fator importante do layout é que ele contenha elementos que contribuam para a melhor usabilidade, pois além de bonito, o site deve ser fácil de ser utilizado.

Conclusão

Quando alguém fala em procurar um médico ou uma clínica, a primeira reação é recorrer ao Google. É na internet que as pessoas vão pesquisar onde estão e quais são os melhores profissionais e as melhores clínicas.

Portanto, quem atua no ramo da saúde deve ficar atento para as oportunidades que um site pode gerar para os seus serviços.

Clique aqui e confira nossos cursos na área de saúde.