Arteterapia: definição e fundamentos

Arteterapia é uma prática terapêutica que utiliza de expressões artísticas para o processo de autoconhecimento. O objetivo principal dessa técnica é atingir os mesmos resultados que uma sessão normal de terapia, mas de uma forma mais tranquila e relaxante.

Os principais materiais utilizados para arteterapia são tintas, colagem e materiais 3D. Com eles, é possível estabelecer uma comunicação paciente e terapeuta para além do que apenas a comunicação verbal consegue.

A escolha da utilização dos materiais depende das necessidades dos pacientes, assim como o tipo de abordagem do profissional. A arte, nesses casos, funciona como a expressão de cada paciente – quem ele é, o que ele sente e mais.

A história e origem da Arteterapia

, Arteterapia: definição e fundamentos

Desde que o homem existe, podemos observar as expressões artísticas que manifestam paixões, felicidades, medos e angústias. Mas a prática profissional começou somente depois de estudos sobre a eficácia desse método.

Podemos datar o início das práticas arteterapêuticas no século XIX, quando o terapeuta Johann Christian Reil estabeleceu a utilização de recursos artísticos na terapia. Pouco tempo depois começou a se estudar e entender a comprovação da arte na terapia.

Com o tempo, a arteterapia foi cada vez mais utilizada e diversificada. Funcionando tanto como um trabalho individual, quanto em grupo, ao passo que possui diferentes vertente, como a Psicanálise e Gestalt.

Aplicação da Arteterapia

Essa prática é, atualmente, utilizada para diferentes finalidades e em diversos lugares, como escolas e hospitais. Mais do que uma etapa no processo do autoconhecimento, a arteterapia funciona como relaxante mental e alívio de tensões e angústias.

A arte é o fundamento para a prática da arteterapia. É possível considerá-la como um importante veículo de interação entre o consciente, inconsciente e subconsciente de forma a concretizar a linguagem simbólica daquilo que somos e sentimos. Dessa forma, a arte pode ser aplicada em diferente lugares da psicologia, como:

  • Psicanálise
  • Psicologia analítica
  • Gestalt
  • Existencialismo
  • Fenomenologia
  • Terapia ocupacional

Para os profissionais e entusiastas que possuem interesse em conhecer mais sobre essas áreas, recomendamos a página de cursos abertos da área de psicologia, disponível em nosso site!

Arteterapia na prática

, Arteterapia: definição e fundamentos

Muitas pessoas entendem o funcionamento teórico da arteterapia mas ficam confusas quando pensam ela na prática. Como mencionado acima, os materiais escolhidos dependem da necessidade particular de cada paciente, ao passo que os exercícios também são selecionados de acordo com o que almeja ser alcançado.

Há alguns pontos a serem levados em consideração para que as sessões sejam feitas de maneira adequada. O ambiente, por exemplo, deve ser preferencialmente lugares seguros e aconchegantes. Além disso, podemos listas outros fatores como:

  1. Ambiente reservado e seguro;
  2. Menos interferência externa possível;
  3. Período mínimo de 1 ano;
  4. Ambiente limpo;
  5. Utilização de materiais que instiguem o subconsciente.

O tempo ideal para o processo da arteterapia é de, no mínimo, um ano. Esse é o tempo mínimo determinado pois é preciso levar em consideração que o período de adaptação para essas sessões são maiores em comparação com as tradicionais terapias. Entretanto, esse tempo pode variar dependendo de cada situação.

Sobre a duração média de cada sessão, o ideal para pessoas adultas é de duas a três horas. No caso das crianças de até cinco anos, as sessões podem durar somente uma hora.

O papel do profissional é apresentar o caminho e o processo criativo que o paciente deve percorrer, com o objetivo final do autoconhecimento. Para tanto, é imprescindível que a arteterapia seja desenvolvida por profissionais devidamente capacitados.

Profissional de arteterapia

O arteterapeuta, assim como outro terapeuta, necessita de uma formação profissional e de conhecimento prévio sobre a utilização teórica e prática dos materiais. Antes de qualquer sessão, é necessário que o profissional já tenha experienciado os materiais artísticos em outros momentos.

O papel principal do arteterapeuta não é interpretar as atividades do paciente para entender a realidade em que se apresentam, mas sim conduzi-lo para chegar nesse destino e interpretar por si mesmo. O olhar do profissional precisa ser atento e aprimorado para facilitar esse caminho.

Além de terapeuta, o profissional também precisa ser paciente. Precisa esperar o tempo de cada aluno, uma vez que trata-se de um atividade inconstante e mutável.

Como ser tornar um profissional

, Arteterapia: definição e fundamentos

Além de trabalhar com as etapas mencionadas no tópico anterior, para se tornar um profissional capacitado para exercer tais práticas, são necessários alguns requisitos.

É dever do arteterapeuta desenvolver, de forma adequada, as seguintes etapas:

  • Deixar o paciente o mais confortável possível;
  • Escolher e apresentar os materiais adequados para cada situação;
  • Estimular o processo criativo;
  • Facilitar e mostrar o caminho que o aluno deve percorrer;
  • Abrir caminhos de comunicação e expressão por meio da arte.

Curso superior

É essencial que os profissionais em arteterapia tenham formação de terceiro grau completa em psicologia. As disciplinas curriculares devem conter matérias como: fundamentos da arte, psicopatologia, linguagem e prática da arteterapia.

Confira nossos cursos online e gratuitos de Artes.

A arteterapia é a utilização das expressões artísticas nos processos terapêuticos, com o objetivo comum de atingir o autoconhecimento. A duração mínima é de um ano, com sessões de duas a três horas. É necessário que haja um acompanhamento correto das atividades para ter resultados positivos no final do processo.

Acesse nosso blog e confira mais informações e dicas sobre o universo das profissões. Se você gosta de conteúdos de psicologia, temos a sugestão perfeita para você! Continue seus estudos por aqui conferindo nosso post “O Que É Personalidade E Os Tipos Mais Comuns Segundo A Psicanálise”.

, Arteterapia: definição e fundamentos

Formado em Administração, MBA em Logística Empresarial.  Sócio e Diretor da Unova Cursos, empresa especializada em Educação à Distância, Cursos Online. Com sede em Goiânia, fundada em 2010.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *