Kindle e o novo modo de encarar a literatura

Estamos na era dos dispositivos móveis, pois smartphones e tablets já acompanham as pessoas no dia a dia e influenciaram até mesmo a maneira como um empreendedor vai investir em um projeto online.

A prova disso é o chamado Design Responsivo, recurso que facilita blogs, sites e lojas virtuais serem acessados em dispositivos mobile.

Outro aspecto importante é que a presença da tecnologia móvel facilita que o público tenha acesso a e-books, que são os famosos livros digitais.

Por isso que, ao criar um blog (se desejas criar um clique aqui) e procurar por maneiras de lucrar com isso, a elaboração de conteúdos em e-book é uma eficiente alternativa.

Já quando o assunto se trata de livro digital, um dos dispositivos que ganha cada vez mais destaque é o Kindle, concebido especialmente para facilitar a leitura dos e-books.

Livros que você leva para qualquer lugar

O aparelho de MP3 Player, aliado ao serviço de streaming chamado Spotfy, mudou a maneira que as pessoas escutam música. Para a nova geração de ouvintes os toca-discos, as fitas K7 e os CDS já são considerados jurássicos.

Tais aparelhos povoam a memória afetiva dos mais nostálgicos e as estantes dos colecionadores, pois hoje em dia, na prática, a música está na nuvem ou nos HDs de notebooks, desktops e smartphones.

Na literatura, o livro físico encontrou um concorrente à altura graças aos e-readers, que são dispositivos móveis que permitem a leitura de e-books.

Um dos mais conhecidos hoje em dia é o Kindle, um dispositivo móvel desenvolvido pela Amazon.

, Kindle e o novo modo de encarar a literatura

A sua fama não é surpresa, pois o Kindle é versátil e possibilita que o usuário leia livros em formato PDF, HTML, DOC e TXT. Além disso, por ter sido desenvolvido pela Amazon, o usuário pode comprar e baixar no seu Kindle livros digitais vendidos pela empresa.

O lance diferente do Kindle, quando comparado com outros leitores digitais, é a sua conhecida tela e-ink. Esse tipo de tela consegue simular a visão de tinta impressa, tão comum nos livros físicos.

Além disso, esse tipo de tela não cansa os olhos do usuário, tornando assim a experiência de leitura menos cansativa e mais agradável.

Vale citar também que quem quer usufruir da leitura de um livro digital, não precisa ter um dispositivo, pois existe o aplicativo do Kindle, que pode ser instalado gratuitamente em smatphones e tablets Android ou iOS.

Não se lê mais livros como antigamente

O impacto do Kindle no hábito de leitura das pessoas é evidente. É óbvio que, assim como existiam os saudosistas do disco de vinil quando o CD passou a conquistar o seu espaço, há também aquelas pessoas que ainda preferem sentir o cheiro das páginas de um livro.

Porém, o fato de que, graças a um dispositivo desses você tem condições de carregar uma biblioteca para qualquer lugar, já faz as editoras, os autores e também o público leitor se adaptarem a esses novos tempos.

Não é exagero afirmar que o Kindle reflete uma era em que a tecnologia preza a mobilidade. Esse tipo de dispositivo pesa apenas alguns gramas e pode carregar mais de 1000 livros.

Sabem aqueles calhamaços de mais de 900 páginas que autores como o Stephen King vez ou outra adoram lançar no mercado? Pois então, com um Kindle em mãos você vai poder carregar essas e outras obras no ônibus, nas filas de espera, nos restaurantes, enfim, cada vez mais a literatura está mais perto de você.

Mesmo os clássicos da literatura universal, como Moby Dick, Guerra e Paz, Dom Casmurro e outros podem ser encontrados em versão digital. Ou seja, a nova tecnologia contempla os mais variados estilos e perfis de leitores.

Autores escrevendo uma nova página na literatura

Desde o advento dos blogs foi possível notar cada vez mais o surgimento de novos escritores.

Mas, se até então a nova geração de autores ficava restrita a publicar as suas postagens para um público de leitores, aos poucos a possibilidade de publicar livros em formato digital deu espaço para mais gente se aventurar na literatura.

Atualmente a Amazon, bem como outras empresas, permitem que um usuário publique (com capa e tudo) um livro digital.

Além disso, para quem quer consolidar uma carreira literária, justamente em uma época em que a internet conecta tudo e a todos, vale a pena manter um blog divulgando os seus trabalhos.

Para conferir mais credibilidade e profissionalismo para esse seu espaço, é bom contar com uma boa plataforma de construção de blog.

Conclusão

Enfim, seja para autores quanto para escritores, os livros digitais e o Kindle representam nos dias de hoje um novo modo de encarar a literatura.

Se antes era possível carregar para qualquer lugar a discografia da sua banda preferida, o mundo literário também se adaptou aos novos tempos e trouxe para nós os e-books.

Portanto, para quem tem o saudável hábito de ler, ter um Kindle é ter a oportunidade de estar sempre junto da sua biblioteca.