6 passos de como gerenciar uma empresa!

O sonho de ter o próprio negócio tem se tornado cada vez mais frequente na vida dos brasileiros. O que tem motivado grande parte das pessoas – em primeiro lugar – intenção de trabalhar para si próprio e – é claro – a necessidade de driblar o desemprego. Contudo, muitos desses novos empreendedores não sabem como gerenciar uma empresa.

Esse tipo de dificuldade é algo que passa pela cabeça da grande maioria que ousa investir em algo novo, já que a falta de informação e conhecimento pode – infelizmente – levar o empreendimento a começar com o pé esquerdo. 

Para isso, algumas atitudes precisam ser tomadas desde o início, pois com uma estrutura bem fundamentada, assim como estratégias eficientes, é possível fazer com que o negócio cresça bem e comece a dar bons resultados.

Pensando nisso, nós da Unova elaboramos um guia completo com conceitos básicos que todo novo empreendedor deveria saber. Quer entender mais sobre como gerenciar uma empresa? Continue conosco e acompanhe tudo o que preparamos para você logo na sequência!

, 6 passos de como gerenciar uma empresa!

Gerenciar uma empresa: 6 passos para você começar agora!

Seja por necessidade ou sonho, o empreendedorismo tem se tornado uma realidade cada vez mais frequente no cenário atual. Assim, a busca por metodologias que deem respaldo sobre forma eficientes de fazer um bom gerenciamento tem sido cada vez mais expressiva. 

Seja por meio de cursos profissionalizantes, guias práticos ou até mesmo conversas informais com empresários mais experientes, buscar meios de organizar esse gerenciamento faz com que a empresa consiga resistir ao primeiro desafio de todo novo empreendedor: fugir da mortalidade precoce.

Os primeiros anos de toda empresa são marcados por diversas atitudes de cuidado e controle, por isso ele é taxado como sendo uma fase mais delicada, que pode – quando mal administrada – fazer com que o negócio não consiga sobreviver e entre para o índice de quase 22% de empreendimentos que morrem precocemente.

Assim – logo abaixo – você confere 6 passos eficientes e fundamentais, elaborados pelo time de especialistas da Unova, sobre como fazer um gerenciamento de empresas que realmente dê certo, seja acessível e possível de ser executado até mesmo por quem não está habituado aos conceitos da administração de empresas:

1 – Esteja preparado para diversos cenários

Um dos momentos que mais perturba novos empreendedores é o fluxo de mudanças que ocorrem no cenário interno e externo. Assim, situações como a alta do dólar, ou até mesmo a falta de insumos e matérias primas, podem ser pontos realmente desafiadores.

É fato que toda e qualquer empresa passa por momentos de dificuldades, porém estar preparado para esses tipos de adversidades é uma forma de conter os dados mais catastróficos. Isso somente é possível com um bom planejamento.

Investir em estratégias de controle de riscos é uma ótima forma de dar suporte a sua empresa para que ela consiga permanecer forte. Não é possível controlar a forma como o cenário econômico atual, porém você pode estar preparado para situações conflituosas.

Assim, estude o mercado, os concorrentes e as ações que eles estão tomando para contornar os momentos de crise. Com base nisso, estabeleça um plano estratégico de prevenção de riscos e vá testando as ações. 

Caso você esteja procurando mais formas de impulsionar o seu negócio, investir em estratégias de marketing pode ser uma solução. Que tal acompanhar nosso conteúdo sobre esse assunto? Passe por lá depois e fique ainda mais preparado!

2 – Cuide da gestão financeira

Tendo feito um planejamento estratégico de prevenção de riscos, agora é chegado o momento de um balanço financeiro rigoroso. Não existe chance alguma de sua empresa dar certo sem controle do capital de giro.

Assim, estabelecer quais são os gastos fixos e os que podem surgir esporadicamente é o primeiro passo. Além disso, dispor de uma parte do capital para certas adversidades é uma forma de prever problemas futuros.

Contudo, não basta colocar todos esses dados em planilha se não houver um acompanhamento periódico. Por isso, caso você não tenha conhecimento sobre finanças, investir em cursos sobre gestão financeira pode ser uma ótima alternativa. 

Tornar-se um bom administrador capacita a possibilidade de você mesmo administrar o capital da sua empresa, sem necessidade de contratar outro funcionário neste momento mais delicado, afinal de contas, nesse período também é importante conter certos gastos.

3 – Tenha conhecimentos para lidar com a concorrência

Nós já falamos – na primeira dica – que é necessário estudar o mercado e a concorrência, para adotar certas estratégias no seu próprio negócio. Contudo, essa atitude não funciona somente para traçar novas ações de prevenção de riscos, mas também para estabelecer um diferencial entre a sua empresa e a de seu concorrente!

Por isso, investir em estratégias de enfrentamento é uma das primeiras atitudes quando desejamos estabelecer um diferencial. Deixe de lado a guerra de preços, pois isso pode causar danos à imagem do seu negócio.

Ao invés disso, tente agregar mais valor ao seu produto? Como assim? Aqui não estamos nos referindo a valor monetário, mas sim de propósito. 

Para isso, muitos empresários têm aderido a agências de publicidade e marketing para trabalhar a identidade visual da empresa, assim como vincular as ideologias do seu negócio a certos parâmetros sociais, fazendo com que possíveis compradores se identifiquem mais com o seu produto ou serviço, do que com o do seu concorrente.

Ah, e caso você queira saber mais sobre como adotar estratégias em tempos de crise, aqui no blog nós temos um conteúdo que pode ser super interessante para você! 

4 – Melhore a comunicação interna

Investir em comunicação interna é investir em ações mais efetivas e reais entre os funcionários. Não entendeu? Bem, a empresa precisa falar a mesma língua, ter uma linguagem harmoniosa entre os setores, assim como uma mensagem clara, objetiva e que combine com os propósitos da empresa.

Certas ferramentas de comunicação – que podem ser desde as mais simples, como quadro de avisos a e-mails, até mesmo as mais complexas como a adoção de um aplicativo próprio – são ótimas para reduzir os ruídos de comunicação que tendem a atrapalhar as demandas.

Além disso, investir em práticas motivacionais para seus funcionários faz com que eles se sintam mais engajados em vestir a camisa da empresa. Dessa forma, tente agregar soluções criativas e inovadoras para datas comemorativas, como natal, páscoa, ou até mesmo dias comuns, só para lembrar da importância que cada um possui no empreendimento.

, 6 passos de como gerenciar uma empresa!

5 – Avalie a qualidade e produtividade

É fato, e tem se tornado uma postura bastante frequente entre empresários, o investimento em práticas que fortaleçam a qualidade do trabalho dos funcionários. Seguindo o modelo de grandes startups, a adoção de gestão de produtividade e qualidade, com base em marketing de engajamento, tem demonstrado ser cada vez mais promissor.

Assim, tente proporcionar um ambiente de trabalho que seja agradável, com clima organizacional amigável e bem humorado, comunicação interna efetiva e ações de engajamento, como cafés da manhã nutritivos, mimos e espaço de descanso e recreação.

Contudo, não fique somente na parte de implementação, mas também estabeleça métricas para avaliar se a sua postura está tendo retorno. Fique de olho para ver se há aumento na produtividade entre seus funcionários e se eles demonstram estar mais engajados e envolvidos com os propósitos da sua empresa.

6 – Incorpore processos na empresa

Alguns empresários tendem a acreditar que incorporar processos de gestão em uma empresa fica somente a cargo de grandes empreendedores, porém – mesmo em um negócio pequeno – investir na adoção de uma integração entre as equipes é de fundamental importância para o bom funcionamento das demandas de cada setor.

É preciso alinhar que cada departamento possui uma função específica, porém eles dependem um do outro. Um ótimo exemplo é quando o time de vendas fecha um novo acordo. Toda a parte operacional, assim como administrativa da empresa, precisa compreender as diretrizes para trabalhar com o novo cliente.

Essa harmonização entre as equipes fortalece o que falamos lá na dica 4, já que todos os funcionários usarão a mesma linguagem nesse novo relacionamento. Além disso, compreender as necessidades do cliente também é trabalho de todos, uma vez que isso servirá de base para que a empresa possa atingir as expectativas levantadas no momento do acordo.

Um ótimo conteúdo que pode te ajudar a administrar com mais propriedade os setores da sua empresa e conseguir melhores resultados está no nosso texto sobre como liderar equipes. Dê um pulinho lá depois e saiba tudo sobre como ser um ótimo gestor.

Passos simples e bastante úteis auxiliam a sua empresa a sobreviver aos primeiros anos de funcionamento, mesmo em um cenário de crises. Contudo, o mais importante ainda é a força de vontade e engajamento para aprender mais sobre a área que você escolheu atuar!

Por isso, esteja sempre atualizado sobre tudo o que envolve o nicho de atuação do seu empreendimento. Além disso, investir em cursos básicos de administração financeira e atendimento ao cliente é uma ótima atitude para se ter condições de gerenciar de maneira eficiente.

Gostando do nosso conteúdo? No blog da Unova nós sempre trazemos materiais instrucionais de qualidade sobre as diversas áreas da gestão empresarial. Continue se especializando conosco. Aproveite e venha fazer a leitura do nosso post sobre estratégias de como vender seu produto para o público-alvo. Te vejo por lá!

, 6 passos de como gerenciar uma empresa!

Formado em Administração, MBA em Logística Empresarial.  Sócio e Diretor da Unova Cursos, empresa especializada em Educação à Distância, Cursos Online. Com sede em Goiânia, fundada em 2010.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *