Entrevista de emprego: aprenda a interpretar a linguagem corporal dos recrutadores!

A mensagem vai muito além das palavras que saem da nossa boca: a linguagem corporal do entrevistador conta muito durante uma entrevista. Muito se engana quem pensa que somente os candidatos precisam passar uma boa impressão no processo seletivo. 

É importante levar em consideração no momento da entrevista, como gestos, entonação e ritmo do discurso do recrutador também. Afinal de contas, não é só o candidato que precisa passar uma primeira impressão positiva. Por isso, vamos te ajudar ao longo do conteúdo a como usar a linguagem corporal a seu favor. 

O que é Linguagem Corporal? 

A linguagem corporal é um tipo da comunicação não-verbal. É a transmissão de mensagens por meio das expressões do corpo, como postura, gestos, movimentos dos olhos etc. Ou seja, quando estamos em uma conversa não devemos ouvir somente as palavras que saem da boca da outra pessoa, mas também o que o corpo dela diz.

Se ainda está um pouco vago para você, vamos te dar um exemplo: Imagine que você esteja no meio da entrevista e o recrutador se inclina para frente. Essa situação é um bom sinal ou não? É sim! Por meio da linguagem corporal, você entenderá que ele ficou interessado no que está dizendo. 

Desta forma, linguagem corporal é o conjunto de movimentos, posturas, gestos, expressões faciais e visuais, que demonstram como o interlocutor está se sentindo. Alguns sinais que podem ser interpretados são: o quão próximo estamos de outra pessoa ao conversar, duração de um olhar, movimentos de mão, braços cruzados ou descruzados, pernas e pés inquietos, se o recrutador está olhando para o relógio constantemente, etc. 

Qual a importância da linguagem corporal ?

Este recurso é muito importante nas relações do cotidiano, incluindo dentro de processos seletivos. A linguagem corporal é analisada e diz muito mais do que as palavras. Essa constatação é comprovada, já que um estudo realizado na Faculdade da Califórnia concluiu que 7% da nossa comunicação é baseada em palavras, 38% é relacionada ao tom de voz e 55% da linguagem corporal.

Esses dados mostram como é um recurso importante e como a comunicação entre pessoas seria difícil se não houvesse a linguagem corporal. 

Quais são os sinais? 

Como dissemos, o recrutador também deve ter cuidado com a linguagem corporal para passar uma boa impressão ao candidato. Afinal, este profissional está representando uma empresa, portanto, deve estar alinhada com seus valores, objetivos, sendo o cartão de visitas da empresa e a primeira impressão não só como recrutador, mas também da imagem da corporação. 

Veja alguns sinais que o recrutador pode passar durante a entrevista e saiba como identificar o significado para melhorar sua performance no processo seletivo:

Pés, pernas e mãos inquietas: sinal de ansiedade e impaciência. 

Mãos abertas e palmas voltadas para cima: significa que está sendo sincero e dando abertura para a pessoa e/ou assunto.   

Desvio de olhar durante a conversa:  pode sinalizar uma mentira ou que a pessoa está insegura.

Braços cruzados: essa postura indica que a pessoa está na defensiva e pouco aberta a situação.

Olhos baixos: este sinal indica desmotivação. 

Mãos na cintura durante uma conversa: demonstra agressividade.

Olhar sem foco: confusão.

Lábios cerrados: quando há um questionamento que a pessoa não deseja responder ou está com receio da resposta, geralmente, dá esse sinal. 

Contração da testa: claros sinais de dúvida, nervosismo, tensão.

Ainda há outros diversos sinais que a linguagem corporal podem indicar. É importante ressaltar que estar atento à essas questões é importante, mas evitar comportamentos como esses durante a entrevista é fundamental para os candidatos também.

Como se comportar ?

Só saber identificar alguns sinais do recrutador não basta para um processo seletivo de excelência. Entenda como se comportar em uma entrevista de emprego para aumentar as suas chances! Postura neutra, com as costas retas e as mãos ao lado do corpo, gera um clima amistoso no ambiente e demonstra que está aberto para o assunto. Se desejar  mostrar uma certa simpatia, repita alguns gestos positivos do recrutador. Manter a respiração constante é muito importante em diversos momento, assim conseguirá diminuir a ansiedade. Falar calmamente, aperto de mão, olho no olho, postura adequada, são alguns exemplos de uma linguagem corporal positiva e confiante.