6 Dicas para gerenciar melhor seu Pet Shop

Atualmente, o Brasil é o segundo maior mercado de Pet Shop do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. Antes, o Reino Unido era considerado o segundo maior, mas nosso país conseguiu tal marca, por ser um dos poucos mercados que não tem amargado a crise econômica atual.

O Setor movimentou em 2018, mais de 20 bilhões de reais, 9,8% a mais que 2017. Com projeções ainda maiores para fechar 2019 no azul, o mercado de Pet Shops precisa de bons gestores que não conheçam apenas de animais, mas saibam como cuidar de uma loja e seus custos.

Neste artigo, daremos 6 dicas para gerenciar melhor seu Pet Shop, perfeito para profissionais do ramo e quem pretende se aventurar no setor. Fique com a gente e confira!

Atenda bem e entenda seus clientes

O atendimento ao Cliente é um dos maiores motivos de reclamações no Procon e já foi a causa de muitas indenizações por falta de respeito de funcionários e patrões com seus clientes.

Outro problema comum, é quando a empresa não entende exatamente as necessidades dos seus clientes, e dessa forma, acaba oferecendo produtos e serviços de má qualidade e prejudicando sua marca para o cliente.

No caso de um Pet Shop, os funcionários e proprietário, precisam se esforçar em atender bem para atender sempre e entender as necessidades de cada cliente, fazendo o possível para superar suas expectativas.

Tenha um Sistema de Gestão de Pet Shop

Um bom Gestor, sabe aproveitar bem a tecnologia e seus recursos em prol do seu negócio. Sistemas de Gestão de Pet Shop, são ótimos para deixar bem organizado o faturamento da empresa, além de possuir todas informações de estoque, produtos mais procurados e os custos existentes, facilitando a vida do gestor que saberá de onde tirar gastos e investir de forma inteligente.

Esteja de olho no Estoque

O estoque de Pet Shop deve sempre estar completo e além do Sistema de Gestão, que falamos no tópico anterior, é importante que o proprietário e funcionários responsáveis pela área, estejam sempre atentos as baixas e principalmente da saturação de produtos.

Observar a validade de cada item é fundamental e oferecer promoções especiais para produtos que estejam acumulando muito no estoque, são formas de garantir a rotatividade dessa área e manter o Pet Shop em movimento.

Negocie com seus fornecedores e venda mais e melhor

Com um número cada vez maior de Pet Shops no Brasil, está cada vez mais comum encontrar várias lojas em um bairro, portanto com uma concorrência alta, é preciso ficar atento a preços e qualidade dos produtos e serviços oferecidos.

A melhor maneira de oferecer melhores preços é negociando com seus fornecedores, pois dessa forma com custo mais baixo, ainda poderá oferecer alguns brindes exclusivos e garantir um diferencial em relação a concorrência.

Conheça os produtos e serviços

Não adianta abrir um Pet Shop ou começar a trabalhar em um se não conhecer o mínimo dos produtos e serviços mais procurados do setor. Os tipos de ração, as marcas mais conhecidas e seus benefícios, são diferenciais que podem impactar os clientes positivamente na hora de optar por um produto Premium ao invés do comum.

Assim também são com os serviços. Saber como dar banho em um cão e gato, conhecendo sua anatomia e os cuidados necessários para evitar acidentes, tanto com você quanto com o bichinho, é outro ponto que deve ser levado em consideração.

Auxiliar de Veterinário e Pet Shop na FBV Cursos!

Auxiliar de Veterinário e Pet Shop

Para se tornar um profissional Auxiliar de Veterinário e Pet Shop de sucesso, é preciso conhecer o mercado e o ramo, e por isso a FBV Cursos oferece o curso completo, gratuito e 100% online, para garantir o conhecimento necessário e com possibilidade de certificado. Acesse agora e confira!

Gostou deste artigo? Deixe seu comentário e confira mais cursos gratuitos online aqui no site.