Foi no final dos anos 90 que o uso da internet começou a ser mais conhecido no Brasil e no mundo para uso comum da população, porém apenas em 2001 que sua utilização “estourou”. Sem dúvida alguma, o surgimento da internet foi um marco para a tecnologia e comunicação. 

Com esse surgimento, o mundo dos negócios viu-se obrigado a evoluir, e é claro, o marketing tradicional seguiu a tendência e por essa razão criou-se o marketing digital.

Desde lá, o marketing digital evoluiu e moldou-se a cada ano de acordo com as necessidades de quem utiliza os serviços digitais.

O que é marketing digital?

Você já sabe como o marketing digital surgiu, porém, se você já percebeu o grande potencial de crescimento e quer trabalhar na área, é importante que comece compreendendo um princípio básico, que é a definição sobre o que é marketing digital.

Marketing digital é entender e atender as necessidades de quem consome produtos e conteúdos. Além disso, é com ele que ações estratégicas são tomadas para alcançar e conquistar os objetivos de lucro de uma empresa ou pessoa.

O marketing digital possui várias vertentes, dentre elas:

  • SEO;
  • Inbound Marketing;
  • Marketing de Conteúdo;
  • Marketing para redes sociais;
  • Growth Hacking.

Como estudar marketing digital em casa?

O marketing digital possui um grande benefício para quem quer aprendê-lo de casa que está descrito no próprio nome, ele é digital.

Com a internet, o acesso a informação tornou-se muito fácil e rápido. Entretanto, atualmente, o que você precisa observar é a quantidade de informações que recebe e aprender a enxugar somente as realmente interessantes.

Feito isso, procure pelos maiores nomes do marketing na atualidade, com eles você aprenderá um pouco sobre cada vertente que existe. Assim, pode escolher em qual o seu negócio melhor se encaixa para, somente após, aprofundar os seus conhecimentos.

Outra grande oportunidade é que existem inúmeros cursos online onde você pode aprender com os maiores profissionais de marketing. A dica aqui é escolher com que você mais se identifica e procurar as melhores opções de curso dentre os escolhidos.

Lembre-se de enxugar as informações e absorver apenas o que realmente fizer parte do seu objetivo.

Quais áreas mais crescem no marketing digital?

Sem sombra de dúvidas, as áreas citadas anteriormente como sendo vertentes do marketing são as que mais estão crescendo. Colocando em ordem de crescimento, atualmente, essa é a ordem de prioridade (em termos gerais, não quer dizer que seja para você):

  1. Growth Hacking: “Growth pode ser utilizado na inovação e no aprimoramento constante de produtos, bem como para ampliar a base de clientes. Ou seja, é útil para criadores de produtos, engenheiros, designers, vendedores e gerentes, entre outros”, essa definição é dada pelo próprio criador do termo Growth Hacking, Sean Ellis. Normalmente, quem trabalha nessa vertente do marketing, visa o crescimento do seu negócio através de um conjunto de estratégias que envolvem muita tecnologia como forma de auxílio.

Além disso, um growth hacker diferencia-se de um profissional tradicional de marketing porque ele não pensa apenas no produto final, mas sim em todo o processo que envolvido, desde a criação do produto, passando pela conquista de leads até a venda final do produto ou conteúdo.

  1. Inbound Marketing: O inbound marketing é uma ótima estratégia para quem busca conquistar o seu cliente. A ideia dele é a condução do consumidor através de um funil de vendas. Onde quem tem o primeiro contato com o produto ou conteúdo é um lead de topo de funil ou mais frio, e quem já está em fundo de funil é lead quente (onde considera-se que esse possui grande possibilidade de conversão).

Devido a grande quantidade de informações que as pessoas têm disponíveis, é comum que elas pesquisem muito antes de fechar qualquer compra, isso porque a quantidade de concorrentes no mercado é grande, além de ter muito conteúdo gratuito na internet. Sabendo disso, o Inbound marketing surge para atrair essas pessoas de maneira criativa e cativante, diferentemente do outbound marketing, onde o objetivo é encher as pessoas com publicidade.

  1. Marketing de Conteúdo: O marketing de conteúdo é ótimo para quem não tem pressa. Ele é de grande utilidade, juntamente com o SEO, para blogs, sites e redes sociais. É com ele que você consegue conquistar o seu cliente cliente ideal através da criação de conteúdo que agregue valor e tenha qualidade.
  1. SEO (Search Engine Optimization): O SEO poderia estar classificado na mesma posição que o marketing de conteúdo, até porque, dependendo da plataforma, eles trabalham juntos. É através dele, que estratégias são feitas para que os sites e blogs fiquem bem posicionados nas ferramentas de pesquisa.

Milhares de pesquisas são feitas no Google diariamente, essas pesquisam costumam ser consideradas de grande potencial, já que elas são bem específicas. De nada adianta você ter um ótimo conteúdo e ninguém conseguir encontrá-lo. É nesse momento que o SEO entra em ação e faz que o seu conteúdo esteja na primeira página.

  1. Marketing de Redes Sociais: As redes sociais são “a febre” do momento. É através delas que muitas marcas e pessoas tornam-se reconhecidas no mercado. Além disso, com esse tipo de marketing você pode atrair clientes de grande valor para o seu negócio.

Conheça nosso curso de Marketing e Gestão Empresarial CLIQUE AQUI