Como Lidar Com A Dislexia, Discalculia E Disgrafia Em Sala De Aula

Dificuldades de aprendizado na infância são comuns, já que na fase de início escolar é apenas um dos desafios que as crianças iram encarar em suas vidas. Mas existem algumas dificuldades que se apresentam mais complexas, e nesse ponto é importante que os pais e professores estejam atentos.

A Dislexia, Discalculia e Disgrafia, são alguns distúrbios de aprendizado que podem não só atrapalhar a vida da criança, mas ser um problema por toda sua vida, caso não recebam o tratamento necessário. Mas o que Dislexia, Discalculia e Disgrafia? Como elas afetam a qualidade de vida das crianças e como lidar com os problemas e ajudar a criança a vencer esse desafio? Essas respostas neste artigo.

Dislexia, Disgrafia E Discalculia, O Que São

Os transtornos de aprendizagem tem sido um dos grandes problemas que os alunos tem tido que enfrentar em sala de aula, e são um desafio para os professores, além de uma preocupação constante dos pais. Mas afinal, o que são os transtornos mais comuns como a Dislexia, Disgrafia e Discalculia?

A Dislexia é um transtorno crônico que afeta a aprendizagem. No sistema nervoso central, todas as pessoas possuem circuitos que promovem a conexão das células e que faz nossos nervos funcionarem bem, além de nossa mente trabalhar melhor. No Disléxico existe algumas falhas nesses circuitos ainda na gravidez, o que irá trazer dificuldades de assimilação de símbolos, letras e suas junções.

O problema é percebido geralmente na infância, principalmente na fase pré escolar, quando está se aprendendo a escrever e contar. Em geral, o disléxico escreve as letras e números espelhados. Outro exemplo de dislexia é que o disléxico numa frase, a lê letra por letra e não em blocos de palavras como as pessoas sem dislexia.

A Disgrafia é outra doença associada a dislexia. O transtorno acontece por conta da dificuldade de assimilar letras e formar palavras, assim como separar em sílabas e até no momento da escrita, podendo a criança colocar muita ou pouca força para escrever.

A Discalculia também é uma doença com relação a dislexia, e o transtorno se dá pela dificuldade da criança em reconhecer números, escrevê-los e formar contas. O processo de aprendizagem para aprender cálculos é bastante complexo e exige muito dos professores e familiares para o sucesso do aluno.

Exercícios De Desenvolvimento

, Como Lidar Com A Dislexia, Discalculia E Disgrafia Em Sala De Aula

As crianças que tenham os problemas relacionados com a dislexia, precisam de auxílio psicológico, além da ajuda insistente dos pais. Os professores, precisam ter um cuidado especial com esses alunos, já que no processo de aprendizagem, eles são em tese um pouco mais lentos e necessitam de uma atenção maior.

Alguns exercícios feitos tanto em sala de aula, podem auxiliar as crianças no processo de aprendizagem e terem seu desenvolvimento muito mais eficiente e apurado. Eis alguns exemplos de exercícios:

  • Grafomotores: Estes exercícios são ótimos para a criança desempenhar uma atividade motora, além de trabalhar a concentração mental. As atividades Grafomotoras são desde letras e números pontilhados, onde a criança deve passar o lápis em cima e assim, aprender a reconhece-los, até a ligação de pontos;
  • Caligrafia: A Caligrafia ajuda as crianças a trabalharem sua letra, e não somente isso, a forma como a criança desenvolve a letra, mostra para os professores como ele está entendendo esse aprendizado, assimilando e o espaçamento das letras, o formato delas, entre outras informações;
  • Uso de calculadora: O uso de calculadoras na sala de aula, em geral é proibido quando as atividades requer o pensamento lógico e de fazer uso de cálculos concretos. Nas crianças que possuam discalculia, a dificuldade em entender como fazer os cálculos faz com que o uso do aparelho seja necessário;
  • Uso de diagramas, códigos e esquemas numéricos: Estes recursos ajudam as crianças com discalculia a entender melhor como funciona os sinais das operações fundamentais, além da contagem e os resultados.

Psicopedagogo, O Intermediador Entre O Problema e a Solução

Em geral, o primeiro a perceber as dificuldades de aprendizagem de uma criança é o professor. Ele é que observa seja nas atividades ou pequenas provas, que a criança não está conseguindo atingir o mesmo aproveitamento que seus colegas em classe.

O psicopedagogo pode ser desde o próprio professor a um profissional que tem uma formação na parte neurológica, e pode aconselhar e acompanhar o desenvolvimento do aluno e repassar essas informações aos pais. Esse auxílio pode ser fundamental para que escola e família estejam ligados em um mesmo ideal na busca do melhor desenvolvimento intelectual e acadêmico da criança.

Dislexia, Discalculia E Disgrafia Na FBV Cursos

, Como Lidar Com A Dislexia, Discalculia E Disgrafia Em Sala De Aula

Pensando numa melhor formação básica dos professores do ensino fundamental, na hora de lidar com alunos especiais, é que a FBV Cursos possui os cursos online de Dislexia, Discalculia e Disgrafia. Acesse agora e matricule-se na FBV Cursos, cursos 100% gratuitos e com certificação total.

Para professores e pais, não perca essa oportunidade de auxiliar seus filhos a aprenderem melhor. Acesse agora a FBV Cursos e prepare-se para melhor atende-los.

[kkstarratings]

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *